Menu

Image Map

sábado, 9 de junho de 2018

Estiolamento não é doença e visitante na sharry baby.

  Bom dia pessoal!

  Hoje vou falar novamente sobre estiolamento em suculentas e cactos, como sabemos os cactos e suculentas precisam de sol para ter efeito compacto, já viram cactos e suculentas que viram o vaso?
Literalmente viram e caem se espatifando no chão e as vezes a planta fica toda machucada, mas na maioria das vezes dá para aproveitar.

  O estiolamento nada mais é que a procura da planta por luz, e este efeito é sinal de saúde na planta, pois ela entende do que precisa e vai atrás do que precisa.

Adaptação começou em 1 de março de 2018.
  Por isso quero desmitificar aqui que suculenta com estiolamento é doente, não é!

  Eu mesmo já vi plantas em floriculturas estioladas e verdes que eu comprei só para ter a espécie que eu ainda não tinha.

  Eu compro sim, pois é fácil de recupera-la, acho que nem é o termo certo a ser usado: recupera-la, mesmo assim vou usar.

  Quando você perceber que ela está estiolando, comece a adaptar ao sol, retirando ela do lugar que você deixou, isto é preciso ser feito, a readaptação ao sol é fundamental para fortalecer a planta que fica comprida e verde.

  Feito isso depois de algumas semanas apanhando sol, é hora de decapita-la, retirando a roseta, e como sempre caem algumas folhinhas, aproveite elas também para deita-las no solo e fazer novas mudinhas.

  O corte da roseta deve ser feito cortando ou quebrando, não importa, mas se você cortar, certifique-se de que a lâmina está esterilizada pelo fogo ou pelo álcool para não infectar o corte, eu sempre passo a lamina ou faca no fogo e nunca tive problema, mas de vez em quando eu quebro, principalmente quando a planta está estiolada, pois ela fica mais fraquinha e com tronco mole.


 E abaixo eu mostro o vaso improvisado que de vez em quando eu faço reaproveitamento, é um potinho de esmalte que furei com prego e martelo e forrei o fundo com filtro de café, também reaproveitado.
 Neste vasinho eu plantei as rosetas da fantome estiolada que recebeu cuidados especiais, como: readaptação ao sol durante uns dois meses mais ou menos, aumentando gradativamente a exposição solar e o corte foi feito com a faca que eu sempre passo no fogo para esterilizar.

  No vasinho improvisado eu plantei também o sedum craigii que prometi no canal, mostrar o replante e também o sedum nusbaumerianum que estava junto no vaso.

  O vaso antigo eu deixarei as hastes para ver se com o tempo gera novas mudinhas no decorrer do caule, tanto da echeveria fantome quanto do sedum craigii, espero que dê mudinhas(esperança).
  Tem vídeo completo sobre esta jardinagem que você pode ver AQUI.


A echeveria fantome estiolada, no começo ela recebeu sol da manhã para adaptação.
Floração deste ano do sedum ou graptopetalum craigii.

  E agora algumas imagens que fiz de um passeio, e flores e plantas que eu registro para vocês, e também o que não podia faltar é os visitantes que desta vez tinha acabado de nascer na haste floral da orquídea chocolate.








Veja tambémZinias e Echinopsis.
Vinda do outono no jardim com muitas....

Eu e minhas plantinhas agradece sua visita!!! E também não esqueça de visitar
o canal clicando AQUI!!!

13 comentários:

  1. Sempre aprendemos mais sobre as plantinhas contigo,Simone e as tuas são lindas! beijos, ótimo fds! chica

    ResponderExcluir
  2. Não sou muito de plantas por não se darem comigo, porém tenho um cacto anranho e algumas orquídeas. Adorei a sua publicação :))


    Hoje:- { Poetizando e Encantando} Trazias flores, e um misterioso olhar.

    Bjos
    Votos de um óptimo Sábado

    ResponderExcluir
  3. Muito interessante.
    Também tenho um cacto e orquídeas.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Interesante ir aprendiendo sobre estas plantas que nos muestras. Me gusta ver las orquídeas y las mariposas.
    Beijos, Simone.

    ResponderExcluir
  5. Amo suculentas! Tudo sobre elas me atrai. Tenho as minha mudinhas que amo muito. Amei a postagem, abraços

    ResponderExcluir
  6. Nossa! As minhas ficam assim e eu não sabia porque...

    ResponderExcluir
  7. Sempre bons conselhos a respeito das plantas. Gosto de lê-la.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde, colega Simone!
    Lindas imagens, belas explicações. Parabéns! :)
    Ei, moça!
    Tem postagem nova no meu blogue. Passe por lá pra conferir, você vai gostar.
    Ficarei feliz com tua visitinha e comentário, sempe tão gentis.
    Grande abraço pra você! :)

    ResponderExcluir
  9. Que belas imagens!
    A "borboleta" queria mesmo aparecer na foto. Parece que sabia que estava sendo fotografada!

    ResponderExcluir
  10. Muito boa a postagem, bem explicativa, parabéns
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Olá, Simone. Tudo bem?
    A princípio, eu acreditava que as suculentas eram mais afeitas à sombra, ou melhor, lugar iluminado, sem sol direto. Depois, fui aprendendo com elas próprias que algumas horas de sol direto conferem força e vigor, evitando pragas.
    Lindas plantas, ótimas dicas.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá Simone.
    Lindas as plantinhas e linda borboleta.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Oi Simone, tudo bem?
    ganhei de lembrança de formatura da minha professora um mini vasinho de trevo de 4 folhas, plantei e ele brotou bem lindinho, deu florzinha e vááários trevos, e aconteceu isso com ele , nem sabia que se chamava assim hehehe, daí depois de um tempo ele começou a secar as e não brotou mais, acho que morreu :/
    bem triste...
    Eu acho lindo suculentas!! hehe! Um dia quero por na minha casa mas agora estou de mudança pros EUA então não posso! Ah aliás tem post novo no blog!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...