Menu

Image Map

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Hawortia cymbiformis e hawortia retusa/Visitante/Jardins alheios.


Bom dia pessoal!

  Tenho percebido em algumas postagens que nem tenho iniciado com um comprimento que mal educada eu, me desculpe, mas com a cabeça cheia de coisas, às vezes acontecem estes esquecimentos, mas não é por mau.


  E hoje eu quero falar sobre duas suculentas que eu tenho na minha coleção há muito tempo e que são muito fáceis de cultivar, e são ótimas para iniciantes, foram às primeiras que eu tive e desde então eu tenho retirado muitas mudas delas, o gênero é a hawortia.

  As hawortias são um gênero que compreende uma enorme quantidade de espécies e uma característica muito legal e que as deixa belos exemplares são seu translúcido nas pontas, que são uma geleia fina.

  São em formato de rosetas em sua maioria, que é um efeito bastante agradável, gosta de leve umidade no verão, mas não por muito tempo, e no inverno as regas devem ser mais espaçadas deixando o solo secar e cuidando para que não regue demasiadamente, mesmo assim é uma suculenta que não apodrece facilmente e que mesmo que isso aconteça é de fácil recuperação.

  A recuperação consiste em arrancar toda parte necrosada deixando secar ao ar livre na sombra ou passando canela que é um ingrediente que aqui não falta na cozinha, e depois de feito isso é só jogar toda a terra fora, encostando a planta na terra e durante as próximas semanas só borrifar água cuidadosamente.

  Estas hawortias que eu trago hoje são muito fáceis de cultivar e dão numerosas mudas ao lado da mãe, e também aparecem mudas entre suas folhinhas no decorrer da roseta quando ela está mais velhinha e seu caule vai se alongando mesmo estando em boa iluminação.

  Depois de estarem com dois centímetros elas já podem ser retiradas, eu não costumo retirar, pois daria vasos demais e o efeito do vaso cheio fica muito bonito, então eu deixo as mudinhas até que o vaso não comporte mais e eu perceba que as plantinhas estão sentindo mau, então é hora do replantio, neste caso é a gosto de quem cultiva.

  A rega deve ser semanal no verão o que pode ser no inverno também, mas obedecendo a quantidade a ser colocada de água, quem não viu o vídeo que postei no you tube passa lá para conferir as medidas que uso na minha coleção mesmo no verão para que eu não venha a molhar de mais, mesmo assim no inverno eu prefiro deixar o solo secar para então regar novamente.

  As pedrinhas que muitos costumam colocar nos vasos se tornam necessárias somente na primeira fase de vida destas espécies que eu estou mostrando hoje, pois em um ano ela começa a crescer bastante e já dando mudas cobrindo todo o vaso, então muitas vezes eu nem coloco mais esta cobertura.
  A primeira espécie é a hawortia cymbiformis que cresce quatro centímetros de diâmetro, floresce com facilidade no inicio da primavera e verão, porém tenho percebido florações no inverno, acho que por estarem em um clima desregulado elas venham a florescer no inverno por esta razão.

  A segunda e a predileta das duas, eu nem deveria estar falando isso, a outra pode ouvir tadinha, mas a hawortia retusa, além de ter as pontas translúcidas elas também tem uma envergadura  para o lado de fora da planta que é bem interessante.

  As duas são originárias da África e são acompanhadas por mais de 80 espécies que contém neste gênero, as flores são sem valor ornamental, mas são facilmente polinizadas gerando sementes, porém elas dão uma enorme família ao redor da planta mãe que não é necessário semeadura, somente para produção comercial.

  Haworth para quem não sabe é o sobrenome de um botânico que se dedicou á botânica depois da advocacia, estas suculentas receberam seu sobrenome em homenagem ao seu legado, (Adrian Hardy Haworth). Fonte:aqui.

  Se jogue no cultivo das hawortias, elas são perfeitas para iniciantes, o que vai reforçar seu lado jardineiro além de ser uma ótima terapia e também um hobby para as horas ociosas.

Simone Felic.
Pare o mouse sobre as fotos para ler.

Novas mudinhas nascendo entre as folhas.

Uma das minhas xícaras comporta a Retusa mas lembrando minhas xícaras tem furo.


E as visitantes por aqui não param, e as lagartinhas também, mas não dou bola, é só retirar os ovinhos antes que eclodam, e vivemos em perfeita harmonia.
Esta beldade faz abertura em um vídeo, e aproveitando o ensejo não esqueçam de fazer uma visitinha lá, clicando AQUI!

Esta borboleta muito comum na mata atlântica brasileira.

A justícia brandegeeana na cor vermelho, um subarbusto bastante decorativo para jardins.


Hemerocalis dobrado formando um grande bouquet.

Anacheilium vespa

Linda epífita de fàcil cultivo nativa da mata atlântica.

Simbolo do Hawai e que ganhou o mundo.

Estas mini árvores encantam.


Veja também: Suculentas em xícaras.

E ainda que eu distribuísse toda minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria. Corintios 13:3


10 comentários:

  1. Lindas tuas plantinhas, flores e os belos visitantes! Ótimo fds! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Sempre boas informações e lindas fotos !!!!
    Bjs e bom fim de semana !
    Anna

    ResponderExcluir
  3. Querida Simone
    Por cá, temos um provérbio que diz:Quem recebe, deve; quem dá, tem a haver.
    Como a Simone dá muita atenção às suas suculentas, eles acham que devem agradar-lhe e que bem que o fazem! Todas tão bonitas!
    Aproveito para agradecer todos os conselhos sobre o seu cultivo: obrigada.
    Bom fim de semana.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderExcluir
  4. Preciosas las Hawortias, yo tengo una y ahora con el frío está un poco fea pero luego se recupera.
    Me encanta ver también las otras plantas que tienes ¡todas tan lindas!
    Un beso muy grande, querida Simone.

    ResponderExcluir
  5. Olá, minha querida!
    Seleção perfeita, tudo lindo, parabéns pelo belo jardim!

    Beijos, ótimo findes junto a sua família ♥

    ResponderExcluir
  6. Tão bonita planta e as fotos que acompanham.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Lindas suas plantinhas, tendo colocar no meu ap, mas nunca vingam.
    Ótimo final de semana,com muita paz.
    Beijos coloridos!♥♥♥

    ResponderExcluir
  8. Tão lindas, e sim é preciso muito amor para cuidar delas, bjs boa semana

    ResponderExcluir
  9. Muy bonitas las haworthias que nos muestras y también las preciosas floraciones y sus variedades de colores. Muchas gracias. Un abrazo

    ResponderExcluir
  10. Que lindas! Gostei muito, não conhecia muitas delas!
    Beijinho
    Joana

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...